sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Outras Lojas Para Vender Seus Jogos

Já escrevi um guia sobre "como vender seu jogo na Steam", mas além da Steam, também existem outras lojas para vender jogos por aí para PC.

Apesar da Steam ser a loja mais conhecida, a taxa de U$100,00 (que gira em torno de 350 a 400 reais hoje em dia) pode ser meio salgada para muita gente e não compensar o investimento pra quem ainda está começando, não quer se dedicar em tempo integral a esse trabalho ou quer apenas distribuir jogos por hobby. A Steam também cobra 30% do lucro líquido das vendas e paga apenas por wire transfer (transferência direta internacional), o que acaba encarecendo muito o custo benefício para nós brasileiros.

Abaixo segue uma lista com uma breve descrição de cada loja que conheço. Algumas delas das quais já também usei para vender meus jogos.

Epic Store

A grande promessa atual de ser uma concorrente forte para a Steam. Por enquanto as portas estão fechadas para os desenvolvedores pequenos no geral. Os jogos vendidos lá são aprovados somente através de uma curadoria. Os proprietários da loja são os mesmos da Unreal Engine. Inclusive, eles oferecem uma proposta de cobrar apenas 12% para quem for vender lá. Pra quem usa a Unreal Engine, eles não cobram os 5% adicionais das vendas para usar a engine nessa loja.

A loja oferece várias formas de pagamento internacionais, além do nosso nacional e querido boleto bancário. De duas em duas semanas, ela oferece um jogo gratuito para atrair novos clientes. Não sei mais detalhes sobre a metodologia disso ou se os desenvolvedores ganham algo pelas cópias gratuitas distribuídas.

Game Jolt

Essa é uma das lojas "menores" disponíveis. Ela não tem muita burocracia para aceitar a distribuir seu jogo por lá e oferece três formas de monetizar seu jogo: através das vendas diretas com preço fixo, "leve de graça ou pague o quanto quiser" e por ads que são mostrados na página do jogo. Você não tem tanta visibilidade por conta própria por lá, o que significa que terá que investir em marketing pra gerar tráfico por sua conta.

Umas das peculiaridades da loja é que eles oferecem a opção de comprar jogos com seu saldo das vendas. Compras assim não recebem o desconto da porcentagem de 10% (ou menos, fica a critério de cada desenvolvedor) que a loja cobra, o que facilita e incentiva os desenvolvedores a se auto-apoiarem.

O preço dos jogos é fixo em dólares americanos e a loja aceita apenas pagamentos feitos por Paypal ou cartão de crédito internacionais, o que acaba limitando os possíveis clientes.

Itch.io

Outra das lojas "menores" no mercado. Tudo que a Game Jolt faz a Itch.io também faz, e faz melhor (exceto o pagamento por ads e a compra por saldo das vendas). Você pode vender de tudo na loja, não apenas jogos para PC, desde que seja algo digital como: livros, HQs, músicas, etc. Você pode incluir conteúdos extras de acordo com o preço que a pessoa pagar, incentivando clientes a dar um valor maior pelo seu produto. Infelizmente a loja também não traz tanta visibilidade aos seus jogos por conta própria.

Um ponto forte dessa loja é que você pode decidir a porcentagem que a loja receberá por venda, até mesmo 0%. Você também pode decidir entre deixar a loja lidar com os pagamentos dos clientes ou receber diretamente através dos seus próprios meios (atualmente apenas Paypal e Stripe) e não oferece reais brasileiros como opção de moeda para vender ou receber pagamentos.

Se a loja lidar com os pagamentos para você, o preço dos jogos também é fixo em dólares americanos e a loja aceita apenas pagamentos feitos por Paypal ou cartão de crédito internacionais, também limitando os possíveis clientes.

Kongregate

Não é uma loja, mas sim um portal de distribuição de browser games (jogos de navegador). Você não recebe por vendas, apenas por ads mostrados na página do jogo (assim como uma das opções de monetização da Game Jolt). Para ter um jogo seu distribuído lá, ele precisa passar por uma curadoria primeiro para só então ser aceito (ou não).

Outras Lojas

Conhece alguma loja que não listei aqui? Comente!

2 comentários:

  1. Legal esse resumo, Alysson. Não sabia que o preço da Steam é tão alto, se bem que se vc for um dev sério, esse valor logo é coberto, né?

    Eu tenho uma critica: Senti um pouco de dificuldade ao ler este texto com as cores atuais (fundo preto e letras azuis), o baixo contraste faz com que tenhamos que forçar mais a visão.

    No mais, obrigado por mais este artigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário!

      Essa história de ser "dev sério" é bem relativa. Tem muita gente que faz um trabalho legal e dedicado, e mesmo assim não consegue retorno (ou consegue, mas é um retorno bem baixo). Não é raro ver estúdios independentes que travam logo no primeiro título e não conseguem lançar mais nada por falta de capital de giro.

      Sobre as cores, ainda não decidi qual será o jogo de cores definitivo. Estou experimentando várias combinações até lá. Aceito sugestões, claro. ^_^


      Grande abraço! o/

      Excluir