terça-feira, 19 de novembro de 2019

Finalmente, Entrei pra Steam!

Minha História como Indie Dev Profissional

Capítulo IX

Finalmente, Entrei Pra Steam!

Era 2015, eu estava trabalhando no Porradaria 3, que decidi dar o subtítulo de "Cyber Reborn", pois percebi que meu estilo de comédia nos jogos não era bem compreendido pelos estrangeiros no geral, logo, decidi tentar partir para uma abordagem mais séria e voltada ao público global (o que sinceramente estava me desagradando).

Apesar de estar com os dois jogos empacados no Steam Greenlight, eu conseguia vez ou outra uma boa quantia na venda dos bundles. Com esse dinheiro, além de complementar a renda da casa, deu pra investir em muitas coisas como novos softwares, peças novas para o PC, um notebook novo (porém simples) com Windows 10 original, etc.

Não fiquei rico nem nada, mas tudo estava indo muito bem. Inclusive, cheguei a começar até a fazer uma reserva em dólar na minha conta do Paypal, que eu deixaria para sacar quando o mesmo estivesse em alta ou em caso de extrema necessidade.

Eu estava trabalhando no Porradaria 3: Cyber Reborn a todo vapor, no entanto, mais ou menos na metade do ano, recebi uma notícia inesperada:

Porradaria Upgrade havia sido aprovado no Steam Greenlight!

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Como Era Antes…

Por uma questão de praticidade, decidi manter este blog como o site oficial da CleanWaterSoft novamente. Desse modo mantenho tudo em um lugar só.

Continuarei postando aqui meus dev logs de sempre e anúncios de promoções, assim como "Minha História Como Indie Dev Profissional", guias sobre desenvolvimento de jogos e os artigos sobre "pirataria de jogos" e os malefícios que isso causa para a indústria e economia nacional e global no geral.

Também risquei fora a ideia de ter uma loja dedicada para vender meus jogos, vou mantê-los apenas na Itch.io daqui pra frente e, caso alguém queira comprá-los mas não possua saldo em dólar no Paypal ou cartão de crédito internacional, poderá comprar por Paypal em reais brasileiros na seção "Jogos" deste blog.

Algumas destas mudanças ainda estão em andamento no blog, mas logo estarão disponíveis.

Peço desculpas por esse vai-e-volta constante, mas depois do que aconteceu com o Fantasya Final Definitiva REMAKE e a minha decisão de sair da Steam, estou fazendo malabarismos com o tempo, as contas e meus recursos pra não deixar a CleanWaterSoft falir de vez.


Obrigado pelo apoio de sempre, meu trabalho é para vocês!

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Azul e Vermelho

Minha História como Indie Dev Profissional

Capítulo VIII

Azul e Vermelho

Porradaria Upgrade estava no Greenlight, empacado, mas estava. A possibilidade de lançá-lo na Steam contudo estava longe de vista e mesmo que isso acontecesse, eu não iria me sustentar com o mesmo jogo para o resto da vida. Eu precisava fazer algo novo.

Pensei em vários projetos diferentes, mas fazer algo do zero de novo levaria muito tempo (Porradaria Upgrade mesmo levou mais de 2 anos ao todo) e eu não podia me dar a esse luxo. O dinheiro dos bundles que eu recebi, além de bem pouco, não durariam para sempre. Foi então que me lembrei de algumas coisas que aprendi no curso Técnico de Administração sobre gerenciamento (ou mais precisamente, reaproveitamento) de recursos. Também lembrei que isso foi (na verdade ainda é) amplamente usado por várias desenvolvedoras de jogos (principalmente as AAA).
Dois jogos diferentes da mesma série. Repara no esqueleto!
A série Castlevania da Konami mesmo é um bom exemplo do que disse. Além do sprite do esqueleto, vários outros sprites de jogos anteriores foram reutilizados em outros jogos dessa série, fora a mesma funcionalidade (com uns retoques aqui e ali) que vem sendo usada desde o primeiro Castlevania praticamente (e a lista imensa de outros inimigos, itens, elementos de cenário…).

A ideia inicial para uma sequência havia nascido, Porradaria 2 Red&Blue!